3.10.15

Menos peças, mais opções

Desde que fiz a postagem como substituir consumo por autoestima, com 10 passos para você descobrir o seu estilo, não conversamos mais sobre o assunto. Pior, não mostrei como apliquei isso na minha vida. 

A questão é: eu só tinha feito alguns dos passos e depois, por causa da correria - tanto na faculdade, quanto no estágio -, não tive tempo de dar continuidade. Por incrível que pareça, apenas hoje consegui abrir um espaço físico e mental no meu armário (que na verdade é apenas um dos espaços, já que também ocupo parte do guarda-roupa do meu namorado #émuitacoisagente). 



Para quem não entendeu do que se trata, armário funcional ou guarda-roupa funcional é você ter roupas que tenham nexo entre si, trabalham em harmonia,  combinam com seu estilo de vida, possuem qualidade e, o mais importante, te deixa satisfeita e realizada com as peças que tem. Para isso, a regra é simples: Menos peças, mais opções! 

Hoje eu fiz a limpa no meu espaço que fica no guarda-roupa de Renato. Tirei todas as peças dos cabides e gavetas e pus em cima da cama para organizar. Separei item por item da seguinte maneira: 

  • roupas que eu uso, amo e não dou fim;
  • roupas que eu usaria se houvesse algumas modificações (concertar o zíper, transformar vestido numa saia, tingir uma blusa etc.);
  • roupas que não cabem mais na minha vida (algumas não cabem nem mais no corpo :'/). 

Nessa brincadeirinha, descobri que tenho muuuuitas blusas, tanto para sair a noite, quanto de dia, vestidos, macacões - inclusive, tinha um guardado que eu nem lembrava, super lindinho -, e saias. Porém, não tenho bermudas, calças - só tenho duas jeans -, e shorts =/ Também preciso urgentemente de lingerie, sobretudo sutiãs. :p

Quando a gente se propõe a revitalizar o guarda-roupa, deixando nele apenas o que a gente ama e, principalmente, usa, conseguimos enxergar possibilidades de transformar uma única peça em 3 ou mais. Planejamos cada look com a segurança de que aquilo, de fato, nos representa. E, de quebra, não toma tanto do nosso tempo. Porque não merecemos ficar horas escolhendo uma fucking roupa, em vez de tá se divertindo com o momento. Sem querer criar um climão nem nada, mas né? Prioridades, por favor! 

~ DICA! ~
Para quem tem apego às roupas, mas quer fazer a limpa no armário e não sabe se a peça X pode servir ainda, a solução é, por enquanto, não abrir mão da bendita. Faz o jogo vira-vira de cabides. É só colocar todas as roupas com os cabides virados para o mesmo lado, daí toda vez que você usar uma peça, ao colocar de volta, coloque-a com o cabide ao contrário. Assim, após um determinado período, 3 meses por exemplo, fica fácil perceber o que está sendo usado ou ficando parado no armário. ;)

No final, foram mais de 30 peças retiradas da minha vida. Detalhe: só as que estavam na casa de Renato. A maioria merece uma segunda chance por estar em ótima qualidade. Por isso, vou organizar algum tipo de lojinha - seja no Enjoei ou criando um grupo no face -, para vendê-las. Tenho certeza que elas vão achar donas bacanudas que vão saber usá-las melhor do que eu. 

Durante o processo, automaticamente me livrei da poluição visual e abri um espaço mental para organizar valores e necessidades como, por exemplo, saber exatamente o que tenho e o que preciso na hora de comprar algo. E assim, consumir de forma mais precisa, sensata e inteligente. 

p.s:. Quando eu arrumar o outro guarda-roupa, faço uma postagem com as peças que tenho nos dois. Também posso mostrar minhas composições de looks. Mas vamos deixar claro que o meu gosto pessoal não pode ser parâmetro para ninguém. No máximo, uma referência de que dá para fazer muitas composições com poucas peças. Você é uma pessoa diferente de mim - que coisa maravilhosa, imagina como o mundo seria chato se as pessoas fossem iguais -, e tem que focar na sua singularidade e no seu próprio estilo. 


Beijos

7 comentários

  1. achei genial essa ideia do cabide (=
    Também já tirei MUITAS roupas de uns tempos pra cá e às vezes ainda rola de pensar em tirar mais alguma peça hauhsuahsuh! Mas é ótimo isso, né? Totalmente a favor de descobrir nosso estilo e permanecer com peças que expressam isso ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHA Verdade! Em pensar que é algo tão simples.

      Excluir
  2. Eu também adorei a ideia de virar os cabides! No meu caso, não seria tão pratico, pq eu tenho pouco espaço pra pendurar roupas e a maioria fica dobrada em gavetas, mas tem tão pouca coisa agora que dá pra dobrar na vertical e ver tudo o que tem, sabe? Quero fazer outra limpa esse mês, ver o que realmente não foi usado nos últimos 6 meses e pensar se vale a pena guardar ou desapegar. O problema é que eu me apego facilmente a coisas inanimadas, uma coisa ridículo (do tipo chorar quando tivemos que nos mudar e deixar alguns móveis em outro cidade! >_<). Aguardando a postagem com os looks, eu adoro ver esse tipo de postagem! ^^

    ResponderExcluir
  3. Ah, nem comentei, mas as mudanças no layout ficaram lindas! É que eu geralmente entro pelo Feedly no celular e acabo nem vendo essas coisas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHA Vou responder os dois comentário aqui, tá? Primeiro, obrigada hahahah. Massa ler isso de alguém que possui um blog super love <3 Sobre as roupas dobradas, uma ideia meio semelhando é dobrá-las do avesso, depois que usar, devolve para a gaveta do jeito normal.

      <3

      Excluir
  4. Eu sou toda complexada com esse negocio de roupa! A tempos tento "encontrar o meu estilo", mas além de não ter meu próprio dinheiro sempre fico meio receosa de ousar um pouco mais, e esses empecilhos acabam contribuindo para que eu me acomode na questão :\ Esses seus posts sobre encontrar o estilo próprio estão mara, pode continuar!
    E a proposito, ameei o lay novo, seu blog fica cada dia mais lindo <3 Faz um tempão que dei uma passada aqui, estava com saudades, hehe. Beijão, Bru

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafinha, querida, que tal você começar com as roupas que já tem? A ousadia pode vir nos acessórios, e com o tempo você vai se conhecendo mais e externando sua personalidade na hora de se vestir.

      Ah! Muito obrigada pelo carinho, viu? Fico muuuito feliz em saber que você está gostando do conteúdo, do blog, enfim, daqui.
      beijo.

      Excluir

Copyright © Ensaio de asas
Design edited by Bruna Sarga Illustration by Klika Boutique