7.9.15

Entre lentes #3: Preto&branco

Faz um tempo que não me jogo na fotografia. Apesar do conteúdo me interessar, há meses não estudo sobre o assunto. O resultado é perceptível na prática: fotos insatisfatórias. Como minimizar esse problema? Projetos fotográficos. Geralmente eles são motivações do tipo "se comprometeu, te vira!". Ainda assim, na falta de inspiração não há obrigação que de jeito. 

Mês passado, por exemplo, não consegui participar do projeto Entre Lentes. O tema era Férias e, por N motivos, não fiz uma foto realmente bacana para compartilhar aqui. Enfim, lamentações a parte, vamos falar do tema deste mês e das imagens.  

Achei massa trabalhar nessa temática Preto&branco. Os recursos mais utilizados para produção de uma boa fotografia PB, são os que recebem menos valor quando a imagem é em cores. Ou seja, um ótimo assunto para ser explorado.

Imagens nesse estilo se sustentam no contraste dos tons de cinza e na força das sombras. São as sombras que costumam definir as formas do que está iluminado. Na imagem abaixo, a da janela, fotografei na contra luz: quando existe uma silhueta opondo-se a uma luz mais forte. Fica um contraste fucking lindo. 


Amo essa janela. É a primeira lembrança que tenho do quarto de Renato. Antes, sempre fechada porque a cortina estava há mil anos quebrada, agora porque fica meio aberta permitindo que a luz entre e faça desenhos geométricos no chão. 


Uma coisa que combina com fotografia PB é retrato - talvez por estarmos mais familiarizado, não sei. O fato é que retratos nesse formato, desprovido de cores, expressam mais presença de personalidade. 



Essas são imagens de um teatro que fica no Recife Antigo, o Espaço Experimental (Rua Tomazina, 199, 1º andar, no Bairro do Recife). Na verdade é um casarão antigo que rola uma improvisação de teatro, escola de dança, espaço para ensaio de maracatu e afins. Gosto do lugar. Confesso que essa última foto, a entrada do banheiro, talvez fosse mais bonita colorida. Tem cores bem fortes. Porém, também gostei dela Preto&Branco. Achei bonito como as partes mais escuras fizeram molduras na imagem. 




Paisagens urbanas também ficam ótimas em fotografias PB. As três imagens eu vejo diariamente quando vou para o trabalho, faculdade ou volto para casa. De todas as três, a que menos gosto é a primeira. Apesar do lindo nascer do sol, as duas torres no horizonte que ficam no Cais de Santa Rita, manifestam mais um episódio de especulação imobiliária à custa de nosso patrimônio ambiental. 

eita privatização de espaço público de merda!

outras participantes que publicaram nesse mês: Leila * Elisa * Piscila 

Mais fotos do projeto no mês que vem. 
Beijos e óbrégadenha!


Me acompanhe também nas redes sociais:


8 comentários

  1. muito bom, você escreve bem e com clareza ☺

    ResponderExcluir
  2. Bruna querida. Que lindas que ficaram as tuas fotos. Gostei muito do contraste, suas fotografias ganharam uma expressividade sem tamanho. A da janela no contra luz, igualmente a de você e o seu namorado na cama, foram as minhas favoritas. Falam sem total carência de legendas....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm acho que nessas fotos, a da janela e a minha com Renato, é amor em imagens.

      Excluir
  3. Oi Bruna, o negócio com fotografia é que a gente precisa estar SEMPRE treinando e tirando novas fotos ~ mesmo que insatisfatórias. Porque só assim vamos treinando o nosso olhar e aprendendo a fotografar do jeito que a gente quer no final das contas. Eu vivo fotografando e me frustando também ~ faz parte do processo.

    Suas fotos estão lindas! P7B tem esse poder de deixar as coisas mais bonitas e mais classudas, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é! Mais esse "sempre tirando foto" é o complicado. Na correria do dia, as vezes, deixo passar situações fotografáveis por preguiça. Vou voltar a estudar e me dedicar mais.

      Ah! tbm acho fotos P&B chiquérrimas. hahahaha

      Excluir
  4. Essas fotos ficaram lindas! Você pode me dizer que câmera usou? Eu queria muito estudar fotografia, minha irmã fez o curso da Unicap e tenta me dar umas dicas, mas eu sempre acabou escolhendo o modo automático na câmera (triste, né?). Essas duas torres já me deixaram com muita raiva, acho que nunca vou me acostumar com elas... E nunca tinha ouvido falar desse teatro, mas já entrei no site e estou de olho na agenda, obrigada por compartilhá-lo! :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todas as fotos foram feitas com iPod. Juro. Nada de câmeras. Também morro de vontade de fazer um curso profissionalizante de fotografia, mas tudo que sei é porque sou curiosa e fico pesquisando e estudando por conta própria. Cheguei a pagar umas cadeiras no curso de jornalismo, mas nada demais.

      Sobre o teatro, tem espetáculos ótimos lá. <3

      Excluir

Copyright © Ensaio de asas
Design edited by Bruna Sarga Illustration by Klika Boutique