3.7.15

Declaração e filmes legais no cinema

Tenho que admitir: não consigo ver um filme por dia durante um ano. Acumulo os filmes para última semana do mês, fico cansada de assistir, quero ver séries e, às vezes, não quero ver nada. A ideia do projeto era ótima, na teoria me ajudaria a criar um acervo bacana de inspiração e expandiria a criatividade. Na prática, me deixa abusada. Me baseei naquela ideia de "para escrever bem, precisa ler muito", então acreditei que funcionaria para quem deseja produzir filmes. No meu caso, documentários.  

É melhor parar agora, admitir que não vou mais continuar o projeto, comer alguma coisa e seguir a vida. Não vou deixar de ver filmes, óbvio. Mas nada de obrigação ou forçação de barra. Certo? 

Além da declaração, também vim falar sobre três filmes que estão no cinema e vale a pena você ir conferir.





Divertida Mente (Inside Out, dir. Pete Docter, 2015) ★★★★

Mais uma animação maravilhosa e super criativa da Pixar sobre a vida de Riley, uma menina de 11 anos, e as emoções diferentes que estão na cabeça dela, como a Alegria, o Medo, a Raiva, o Nojinho e a Tristeza. A Alegria está no controle. Ela tenta colocar em ordem a vida de Riley e faz de tudo para a menina ser feliz. Mas uma confusão a tira da sala de controle junto com a Tristeza. Neste momento tudo que a Riley sente é Raiva, Medo e Nojinho. O filme arrasou. Não transformou a Tristeza numa vilã, deixando claro sua importância e a necessidade de aprendermos a lidar com ela no nosso cotidiano. Abordou, de forma criativa, assuntos delicados como a depressão. E não faltou as piadas bem feitas, motivo, óbvio, de muitas gargalhadas. Veja o trailer.


Jurassic World - O Mundo dos Dinossauros (dir. Colin Trevorrow, 2015) ★★★★

Amei demais. Fiquei boa parte do filme aflita (objetivo do filme), mas foi emocionante ver os dinossauros novamente. Outra coisa maravilhosa, foram as referências ao jurassic park. Fiquei muito feliz com a obra. A única coisa estranha - apaixonados por dinossauros entenderão -, foi o trabalho em equipe do Tiranossauro rex e o "Velociraptor" (na verdade aquilo é um Deinonychus, praticamente com as mesmas características do Velociraptor - por isso tão confundido e errado desde o primeiro Jurassic Park -, porém o Deinonychus é maior. Se o dinossauro do filme fosse realmente um Velociraptor, ele mediria, na fase adulta, até 2.07 m de comprimento, 0.5 m de altura). Tirando isso, super indico que assista no cinema, se possível em 3D. Ah! Alguém me explica como Bryce Dallas consegue correr tanto em cima de uma salto agulha? hahahaVeja o trailer.


Minions (dir. Pierre Coffin e Kyle Balda,  2015 ) ★★★

A produção, os diretores e o roteirista confiaram demais na carisma dos minions. Que eles são ótimos, é fato. Tem como não amar os Minions? Porém, a galera que fez, deveria ter investido mais na história. Claro que damos boas risadas com o filme. Tem muitas referências legais e conhecemos a origem deles e como eles foram parar com o Gru. No entanto, foi mais do mesmo. Não é um filme criativo. É divertido, mas criativo, não. De qualquer forma, indico que assista. Vale as risadas. Veja o trailer.



beijo,
Bruna

3 comentários

  1. Divertidamente deve ser um barato, tô louca pra assistir!
    gostei do blog
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Desses só assisti Minions (eu amo esses amarelinhos)!! Tô louca pra assistir os outros dois :)

    ResponderExcluir
  3. Você vai achar liiiindo Divertida Mente.

    ResponderExcluir

Copyright © Ensaio de asas
Design edited by Bruna Sarga Illustration by Klika Boutique