30.6.15

Em busca do meu estilo


Já afirmei algumas vezes que meu estilo é fortemente influenciado pelo movimento afrodescendente e hippie, e como deve ter notado, nos poucos look's que publiquei, sim, todos tinham essa pegada. Porém, meu guarda-roupa está empanturrado de coisas (que comprei e ganhei), mas - por falta de orientação e criatividade - transformei algumas peças em fardas (calça jeans skinny, blusa, sapato sem salto, sandália rasteira ou vestido - por sinal tenho vários, mas só uso dois).

Ou seja, estou com um armário insatisfatório, onde fico angustiada todas a vezes que vou escolher uma roupa para sair, mesmo que seja só para ir a faculdade. São muitas peças que amo/acho lindo, mas uso pouco, não uso há milênios, ou pior, nunca usei. Quero por em prática o que o blog me incita a fazer: ter uma vida mais leve. Para isso, preciso, como disse a Gabi Barbosa, "descomplicar o que não precisa ser complicado".

Onde encontrei inspiração

Para "noooossa alegria!!!", a Carol Burgo do Small Fashion Diary, fez uma postagem maravilhosa dando uma super consultoria, um “passo a passo” para começar a transformar seu estilo. O post veio bem a calhar e não serve apenas para transformar o estilo, mas você, assim como eu, pode usar para encontrá-lo. 

Peguei várias informações do post da Carol, mais algumas ideias do blog Teoria Criativa, onde a Gabi está buscando um armário minimalista, e também as dicas do blog Oficina de Estilo. Claro que tem os livros que ando lendo, e vou compartilhando aos poucos por aqui.

Depois de várias leituras, olhar diversas vezes o meu guarda-roupa, observar cada peça e pensar, pensar muito sobre o assunto, notei que, de fato, não tenho um estilo. Meu guarda-roupa está longe de ser leve. Abri meus olhos sobre a minha própria imagem. 

Eu não me arrisco. Não saio da minha área de conforto, quando deveria explorar outras possibilidades, abrir espaço onde precisa ser aberto, praticar o desapego, deixar entrar no meu armário - da mesma forma como faço com a minha vida -, somente o que certamente vai me fazer feliz. 

A busca por um estilo não é um procedimento que ocorre do dia para noite. Mas vou compartilhar todo o meu processo com você.

O que acha? Você sabe qual é o seu estilo?  :)

Beijos,
Bruna



8 comentários

  1. Acho que sou uma pessoa bem eclética, eu gosto de tudo! Bastante interessante isso de procurar o próprio estilo, eu vou querer ver todo o processo, com certeza! *-*
    Beijão,
    www.dosedeilusao.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gosto de muuuuuita coisa, por isso meu guarda-roupa parece um furacão. Mas a missão é dar um jeito nisso. HAHAHAHAHA

      Excluir
  2. Excelente iniciativa, Bruna! Eu estou preparando uns posts sobre isso, mas só vão ficar prontos após os trabalhos finais do semestre. Tenho certeza que seu guarda-roupas não ficará mais agradável, mas também sustentável! Auto-confiança é o melhor antídoto contra o consumo excessivo. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, eu tinha lido o teu post sobre as marcas que não são legais. Quando iniciei esse projeto, já foi pensando sobre essas questões também.

      Excluir
  3. Parabéns pela decisão, Bruna! Encontrar seu estilo é o pulo do gato para estar SEMPRE bem vestida.
    Elegância NÃO é sinônimo de roupas caras NEM de seguir à risca ou ser escrava das tendências de moda.
    Ser elegante é vestir o que lhe cai bem e o que gosta, seguindo pouquíssimas regras (que, dependendo do nosso bom senso e personalidade podem ser quebradas!), e sentir-se confortável, esbanjando confiança, em qualquer lugar que frequente! 😘

    ResponderExcluir
  4. Oi Bruna!

    Estou começando a achar meu estilo só agora... E gosto tanto dos vestidos longos e das saias longas... Estou indo tão pra esse lado. Sempre achei lindo!

    Abraços! | Saphy | Facebook

    ResponderExcluir
  5. Compartilha sim! Também não tenho estilo nenhum. Fico na zona de conforto, sem saber o que fazer, usando roupas que na maioria das vezes ganhei de alguém. Eu sinto que meu estilo seria uma mistura de gótico punk com casual. Pelo menos, a grande maioria dos looks que gosto são assim. Às vezes claro, também fico encantada com saias e vestidos vintage, mas faz uns 10 anos que não boto uma saia T-T

    ResponderExcluir

Copyright © Ensaio de asas
Design edited by Bruna Sarga Illustration by Klika Boutique