Featured Slider

DESEJOS DA SEMANA #2


Planejo não comprar em 2017.  Digo, não comprar objetos supérfluos que, por mais maravilhosos que sejam, posso optar por fazer eu mesma algo semelhante ou ficar sem. Será um ano detox cosumismo. Por que isso? Bem, a mocinha aqui precisa praticar o que tanto disserta e seguir a voz interna. Uma vez que acredito no preceito de "menos, mas melhor" de Greg McKeown, autor do livro Essencialismo - A disciplinada Busca por Menos.

A ideia é abdicar dos excessos para termos apenas o que é crucial. Isso implica, claro, em tomar decisões difíceis. Como ontem, quando eu estava na Livraria Cultura e vi um livro que há tempo desejo. Fiquei com ele em mãos, olhei o preço três vezes e antes de ir embora devolvi para estante. Não comprei. Tenho vários livros em casa que ainda não li. Um projeto de leitura que precisa ser priorizado. Comprar aquele livro, naquele momento, só me resultaria em aumentar o acúmulo de objetos em casa. Não se trata de uma necessidade primordial. Ao menos, não agora.

Além desse livro, desejei outras coisinhas que - olha só - dá pra fazer ou improvisar com que se tem em casa:


  1. Livro do ano 2017 - Minha gente, que trabalho lindo é esse que Lara Dias fez?! Se eu quero essa belezinha? Quero. E muito! Mas não vai rolar. Tenho vários cadernos em casa que posso transformar em bullet journal e organizar o meu ano sem precisar gastar. 
  2. Cacto em LED de decoração - Lindo, lindo, né? Mas acho que deve ter algum tutorial de como fazer um parecido gastando bem menos. 
  3. Porta-anéis de cerâmica  - Outro objeto que deve ter tutorial na internet.
  4. Vaso com pitura de gatinho - Esse com certeza eu vou fazer. Adoro gatos e esse vaso combina com minha casa.


Espero que me entenda. Num é que eu ache que não vale à pena comprar essas coisas. São lindas e adoraria ter. Mas o exercício é gastar apenas com o que realmente preciso. Essa é uma revisão de conceitos que passar por um processo de disciplina aplicada todos os dias. Ou seja, o meu maior desejo da semana é ter mais leveza e satisfação nas coisas que já tenho. Além de dar um basta em dívidas parceladas no cartão de crédito!


BONITO ISSO: Minidoc do AMOR
(booktrailer de "Este É Um Livro Sobre Amor")


"eu chorei tanto, tanto, tanto, tanto, tanto, tanto... sabe quando você fica sem respirar? Ainda mais quando você é nova... É o primeiro encontro com o amor. É o primeiro encontro com a paixão. A gente não sabe lidar, né? A gente é muito novo. É um sentimento que te toma por completo..."  - Julia, minidoc do amor 
Já chorei assim. Eu estava no ensino médio e namorei um carinha por, sei lá, uns seis meses. Então ele terminou. Usou uma mentira como justificativa. Não deu muita explicação. E foi exatamente assim que fiquei. Chorando sem parar por dias. Meses. A dor era tão grande que, às vezes, eu tinha a sensação de que ela era palpável. 

Apesar disso, uma hora passou. A angústia foi embora quando ele disse, com de três anos de atraso, que também sentiu. Que o fim foi doído. Entenda, eu não queria que ele sofresse. Mas um sentimento reconhecido pelo outro reconforta.

Bem, a questão é que lembrei dessa história durante a leitura de “Este é um livro sobre amor”, de Paula Gicovate. Além dela, me vieram na mente tantas outras situações que parecem mais ficcionais do que qualquer história inventada. Depois de ler todo o livro, peguei no sono. Acordei. Tirei foto da luz que entrava pela janela. Aqueles primeiros raios de sol que deixam a casa toda em tom sépia. Em seguida, vim suspirar na frente do computador pensando em como resenhar esse livro para você.

Este é um livro sobre amor tem a estrutura semelhante de um diário. Os relatos são feitos em crônicas, poemas, e-mails, conversas online etc. E falam sobre a vida amorosa de Ella (personagem central do primeiro romance de Paula Gicovate), com quatro homens específicos. Estes são usados para dividir livro em, obviamente, quatro capítulos:
  1. Aquele que poderia ter sido 
  2. Aquele que não falava 
  3. Aquele que nunca perdoou 
  4. Aquele que me prendeu no castelo 

A leitura é fácil - devorei em uma noite - e nos identificamos em cada paragrafo. Suas histórias nos trazem uma série de sensações muito reconhecíveis. Pra mim, o amor é assim mesmo. Um punhado de sentimentos corriqueiros.

Encontrei o livro após ver esse minidoc do AMOR acima. Achei bonito e descobri que se tratava de um booktrailer.


★★
Este É Um Livro Sobre Amor
Autora: Gicovate, Paula
Idioma: português
Páginas: 75
Editora: Guarda-chuva

✗✗✗

obs¹ Bonito Isso é uma categoria inspirada no blog bonito isso: que infelizmente anda parado há muito tempo. Decidi resgatar a ideia porque o bonito precisa ser compartilhado

obs² Este livro faz parte do projeto Lendo Mulheres
© Ensaio de Asas. DESIGN BY A.